Medula Espinal

O que é, funções no corpo, características, divisões anatômicas, nervos espinais e curiosidades.

Medula espinal: localizada no interior das vértebras
Medula espinal: localizada no interior das vértebras

 

O que é


O interior das vértebras (algumas delas) contém uma massa nervosa, divididas em duas regiões: cinzenta e branca.


Dá-se o nome de medula espinal ao conjunto de neurônios que compõe estas massas, e que têm distintas funções, as quais serão conhecidas a seguir.


Trata-se de uma estrutura que mede 45 cm, e inicia-se no forame magno, prolongando-se a L1 (primeira vertebral lombar).

 

Regiões da medula espinal:


É composta, como já comentado anteriormente, por duas regiões:


- Substância branca: divide-se em funículos, e contêm axônios.


- Substância cinzenta: abriga os núcleos neuronais, que estão organizados conforme suas funções (sensitivos e motores).


Divisões anatômicas


Os principais “segmentos” e divisões presentes são:


- Fissura mediana anterior: divide os funículos anteriores;


- Sulco mediano posterior: divide os funículos posteriores;


- Comissura cinzenta: anterior e posterior ao canal central;


- Canal central: é onde há o líquido cefalorraquidiano;


- Cornos: anterior, posterior e central; cada um com fibras nervosas distintas.


Características principais


A coluna vertebral, que inclusive, contém a medula espinal, é revestida por 3 meninges - estruturas com função de estabilizar e proteger a medula e todos os nervos envolvidos. São elas: dura-máter, pia-máter e aracnoide.


Existem também, espessamentos da medula em algumas regiões, que são as chamadas intumescências. Elas contêm interneurônios, com a função de transmitir sinais sensoriais e coordenar os neurônios motores. São duas: intumescência cervical e lombar.


Pares de nervos espinais


Existem 31 nervos espinais, correspondendo a 31 segmentos da medula. São eles:


- Oito cervicais;


- Doze torácicos;


- Cinco lombares;


- Cinco sacrais;


- Um correspondente ao cóccix.


Funções


A medula espinal abriga diversas estruturas nervosas, e por isso, tem funções como:


- Transmissão e processamento de informações sensoriais dos membros e tronco.


- Envolvimento na transmissão e regulação de sinais de vísceras.


- Controle dos movimentos do corpo, através dos circuitos com os músculos.


Curiosidades


- Lesões medulares podem tanto resultar em perda de movimentos, como também de sensibilidade. Em alguns casos, pode-se ter reversão do quadro com o passar do tempo.


- Mesmo após seu término, a medula continua como filamento terminal, após da L1.


- O arco reflexo trata-se de um circuito nervoso, o qual não necessita que as informações sejam processadas no encéfalo. Um neurônio sensitivo é ativado, há sinapse na medula, e eferência de neurônio motor, responsável pela resposta.


- Existe uma série de outros reflexos, que envolvem distintos números de sinapse, e podem ser testados por meio do exame físico.


Impressão Google+
Medula Espinal Temas Relacionados
Bibliografia Indicada:

 

Neurociências - desvendando o sistema nervoso

Autor: Connors, Barry W.

Editora: Armed

Ano: 2008

Temas do livro: Medicina, Ciências Biológicas, Anatomia Humana, Sistema Nervoso

Veja Também
GALERIA DE IMAGENS Tartaruga marinha: exemplo de réptil
LIVROS DE CIÊNCIAS BIOLÓGICASIndicação de livros de Ciências Biológicas, bibliografia indicada para o estudo de temas de Biologiaver
PESQUISADORESSaiba mais sobre a biografia dos grandes pesquisadores que revolucionaram o mundo da ciência. As grandes...ver
SAÚDEInformações sobre temas relacionados à saúde humana. Alimentação, doenças, dicas para levar uma vida saudável,...ver
Dicionário de BiologiaSaiba o significado de várias palavras relacionadas ao estudo de Biologia, definições importantesver